Que tal ver Pequim de cima com imagens captadas por um Drone?

0

Se liga nessa história que eu vou lhe contar do cinegrafista Trey Ratcliff.

O cara foi para China e resolveu fazer algo diferente. Pegou um drone quadcopter, acoplou uma GoPro e resolveu registrar diversas imagens da cidade. O resultado deu origem ao vídeo Pequim From Above… e também a uma prisão.

Calma, vamos por partes e começar pela produção do vídeo, onde Trey pegou um DJI Phantom 2 e foi pra rua registrar tudo o que pudesse através de uma GoPro. Usando imagens captadas por uma grande angular, o cara saiu capturando imagens das pessoas, casas, monumentos… e, como bem sabemos, ele estava na China. Mesmo com intenções profissionais e artísticas, isso só podia dar merda. E quase deu.

"DCIM100GOPRO"

Como bem definiu Trey em seu site, “tomar a decisão de voar com um drone sobre a China é como Luke Skywalker tomar a decisão de montar o seu landspeeder na Estrela da Morte”. Após cinco dias de registros pela cidade (alguns deles até sob os olhares da polícia local), tudo ia bem até Trey decidir encarar o Parque Beihai. Qual seria o problema? Bem, atrás das diversas árvores do parque, estão vários edifícios governamentais e também o serviço de segurança chinês. Bom, talvez não fosse interessante ter um drone registrando imagens disso, né?

Trey acabou sendo abordado por policiais e preso. Acabou interrogado e, até explicar toda a história e conseguir converter os policiais em fãs, levou um bom tempo de conversa, tradução, medo e argumentação. No fim, Trey acabou recuperando o seu drone com uma recomendação: “por favor não voar dentro do primeiro ou segundo anel da cidade”.

Será que o policial precisava dizer isso? rs

"DCIM100GOPRO"

"DCIM100GOPRO"

"DCIM100GOPRO"

Abaixo você vê o vídeo da aventura:

Imagem de Amostra do You Tube

Depois, dê uma olhada pelo portfólio do cara que é, simplesmente, sensacional.

E, só pra não dizer que não falei de flores, todas as fotos que ilustram o post são dele.

Share.

About Author

Publicitário com raízes no jornalismo. Apaixonado por música, viciado em redes sociais e cerveja. Vive dividido entre 524541 projetos e, por isso, dorme só quando dá.